30/11/2022 +55 (11) 9 5991-1846

São Paulo

Betgetgo

São Paulo terá calendário com folgas no começo de 2023

Clube disputará apenas o Paulista entre janeiro abril, quando começa a Sul-Americana

Por Redação GE 21/11/2022 às 08:55:15

O técnico Rogério Ceni em treino do São Paulo - Foto: Divulgação

O calendário de 2022 castigou o São Paulo, que atuou em 77 jogos numa temporada apertada por causa da disputa da Copa do Mundo no fim do ano. O de 2023, pelo menos por enquanto, tende a ser mais leve para o time.

Os jogadores estão de férias desde o fim do Brasileirão, há uma semana. Eles se reapresentam no dia 14 de dezembro e terão 30 dias de pré-temporada até a estreia do Paulistão.

O estadual será o único torneio que o São Paulo disputará até abril.

São 12 datas garantidas, todas pela primeira fase do torneio. Se avançar até a final, jogará mais quatro partidas. Só entre as duas finais, marcadas a princípio para os dias 2 e 9 de abril, o São Paulo poderá ter que dividir atenção, já que a Copa Sul-Americana começa no dia 5 – mas os grupos e a tabela do torneio da Conmebol ainda não foram definidos.

Ao contrário de 2022, quando fez jogos a cada três dias, em média, o São Paulo em 2023 terá muitos dias de folga nessa primeira parte do calendário.

Está prevista uma semana sem jogos entre 18 e 26 de fevereiro. Em março, por ora, todas os jogos do Paulistão estão previstos para finais de semana: a última rodada da primeira fase, as quartas e as semifinais – esses mata-matas são em partidas únicas.

Esses períodos sem jogos são pelo fato de que o São Paulo deve, provavelmente, estrear na Copa do Brasil a partir da terceira fase, em abril, o que será confirmado quando o regulamento da próxima edição for publicado.

O atropelo de jogos em 2022 causou problemas para o técnico Rogério Ceni. O elenco somou 46 lesões durante a temporada, segundo levantamento do Espião Estatístico do ge – mesmo com a decisão do treinador de fazer um rodízio de atletas durante a primeira fase do Paulista e de usar quase sempre apenas reservas na fase de grupos da Sul-Americana.

Nikão, por exemplo, contratado em janeiro como principal estrela para o ano, ficou fora de 35 jogos por causa de lesões – ele ainda se recupera da última, um desconforto na coxa.

Em 2022, o São Paulo jogou 77 partidas entre os dias 27 de janeiro e 13 de novembro – uma partida a cada 3,77 dias, em média.

Em 2023, o Paulista começa mais cedo, no dia 15 de janeiro, e o Brasileiro termina mais tarde, em 3 de dezembro. Por enquanto, o Tricolor tem 58 jogos garantidos: 12 no Paulista, seis na Copa Sul-Americana, dois na Copa do Brasil e 38 no Brasileiro.

Fonte: GE

Comunicar erro
Comentários