01/12/2022 +55 (11) 9 5991-1846

Copa do Mundo

Betgetgo

Após semana de observações, Tite projeta definir escalação da Seleção nesta segunda

Treinador fez seis treinos e variou formação sem separar titulares e reservas. Previsão é de que saia, enfim, na segunda atividade em Doha. Fred, Paquetá e Bruno Guimarães têm disputa intensa

Por Bruno Cassucci, Cahê Mota e Raphael Zarko 21/11/2022 às 09:17:08

Tite durante treino da seleção brasileira no Catar: treinador planeja definir equipe nesta segunda-feira - Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Depois de seis dias de treinamento e uma folga, o técnico da seleção brasileira, Tite, planeja colocar em campo nesta segunda-feira os 11 prováveis titulares para iniciar a partida contra a Sérvia, quinta-feira, às 16h (de Brasília).

Nenhum dos participantes da Copa do Mundo realizou tantos treinamentos em campo antes da estreia quanto o Brasil, considerando aqueles que se apresentaram no dia 14 de novembro e também que o Brasil não realizou amistosos - como ocorreu com os sérvios.

Tite e a comissão técnica estimularam durante as atividades dos últimos dias a disputa entre os jogadores da mesma posição e ficaram satisfeitos com a entrega dos atletas em campo. Maior exemplo foi o treino de sexta-feira passada, aquele que o presidente da CBF disse ao ge que parecia jogo, de tão pegado. No treino que durou quase uma hora, Richarlison marcou.

Embora tenha uma base bem definida e dois sistemas de jogo favoritos - com dois pontas ou com outro meia ao lado de Casemiro -, Tite estendeu ao máximo a definição da equipe. Os jogadores ainda não sabem quem vai jogar, o que ficará mais claro no treino de segunda-feira.

A comissão técnica analisou as atividades já realizadas e vai fazer trabalhos voltados diretamente para o duelo contra o forte time da Sérvia.

Mesmo em treinos voltados a conceitos defensivos e ofensivos, a ideia foi posicionar os jogadores para enfrentarem linha de cinco na defesa, já que a Sérvia atua com três zagueiros e dois alas, Também fora simulados dois atacantes de área e um pela esquerda avançado – em reprodução à dupla Mitrovic e Vlahovic e o meia-esquerda Kostic – e saída de três a partir da defesa.

Ao longo de cinco treinos em Turim e um em Doha, Tite privilegiou trabalho com pontas abertos e sempre com Lucas Paquetá mais centralizado, no mesmo setor que Fred e Bruno Guimarães.

No gol, Alisson segue como nome de preferência de Tite. Nas laterais, a consistência defensiva e o entrosamento de Danilo e Alex Sandro dão segurança ao treinador para manter a dupla da Juventus, mas tanto Alex Telles quanto Daniel Alves vão bem nos treinamentos.

A zaga é a mesma em todo o ciclo, praticamente, com Marquinhos e Thiago Silva. O primeiro homem de meio é Casemiro. Ao lado dele, hoje, existem três nomes fortes para uma posição. Fred jogou em boa parte das Eliminatórias e dos últimos amistosos, mas Tite quer maior poderio ofensivo, o que favorece a ascensão de Bruno Guimarães e a alternativa de Lucas Paquetá.

O jogador do West Ham já atuou em pelo menos três funções diferentes com Tite, mais avançado numa dupla com Neymar, como meia pela esquerda bem aberto e também de segundo homem do meio de campo. O técnico tem em Paquetá um jogador de confiança para mudanças.

Na frente, as definições são mais claras. Caso Tite mantenha o que vem trabalhando, Vini Jr começa pela esquerda, Neymar atua por trás dos atacantes, Richarlison é o dono da camisa 9 e Raphinha, importante também pela bola parada, segue como ponta-direita.

– Com Vinicius ou Paquetá temos de nos adaptar com quem está na nossa frente. O Paquetá tem mais posse de bola, o Vinicius é mais agudo, ataca mais. Então, obviamente, com o Vinicius eu tenha que ficar mais para poder dar espaço para ele atacar, e com Paquetá posso atacar mais, jogando com ele pelo lado – analisou o lateral Alex Sandro, que reforçou não saber se começa jogando.

Fonte: GE

Comunicar erro
Comentários