30/11/2022 +55 (11) 9 5991-1846

Palmeiras

Betgetgo

PSG sinaliza investida de mais de R$ 400 milhões por Endrick e Estêvão

Clube francês tem interesse na contratação dos dois jovens; Verdão busca valorização

Por Felipe Zito e Thales Soares 22/11/2022 às 08:23:31

Estevão e Endrick, atacantes do Palmeiras - Foto: Fabio Menotti / Ag. Palmeiras

O Palmeiras discute com o PSG, da França, uma possibilidade de negociação envolvendo o atacante Endrick e o meia-atacante Estêvão. O valor debatido inicialmente foi de cerca de 80 milhões de euros (R$ 434 milhões na cotação atual) pelos dois atletas formados na base palmeirense.

De acordo com apuração do ge, a proposta foi de 50 milhões de euros (R$ 271 milhões) fixos e mais 30 milhões de euros (R$ 163 milhões) em bônus. Pessoas do clube, porém, afirmam que não houve uma sinalização oficial até o momento, mas é certo que o Verdão quer valorizar a dupla.

Endrick tem 16 anos e assinou seu primeiro contrato profissional com o Verdão em julho. Estêvão ainda tem 15 anos, mas já vem sendo monitorado por grandes clubes do futebol europeu.

Além do PSG, o Chelsea, da Inglaterra, e o Real Madrid, da Espanha, também têm interesse em Endrick. No clube, há uma expectativa de que ele possa ser negociado por um valor próximo da multa rescisória, hoje avaliada em 60 milhões de euros (cerca de R$ 326 milhões).

Estêvão completou 15 anos em abril e, nesta temporada, passou a se destacar pela equipe sub-17 do Verdão. Na categoria, o clube conquistou o Paulista, a Copa do Brasil e o Brasileirão, mas o jogador também venceu o Paulistão Sub-15.

O Palmeiras entende ter tranquilidade para negociar com os interessados principalmente por causa da legislação, que só permite a transferência de jovens para o exterior depois dos 18 anos. Nos bastidores do clube, há interesse até em apresentar projetos com mais tempo de permanência no Brasil, mas o entendimento é de que será difícil concorrer com a Europa.

Na semana passada, a presidente Leila Pereira admitiu que o clube deve receber propostas para a saída de atletas durante a janela de transferências de janeiro. Sobre Endrick, a dirigente afirmou que qualquer decisão será tomada em conjunto com atleta, família, empresários e comissão técnica.


Fonte: GE

Comunicar erro
Comentários