Mais uma vez decisivo, Bruno Henrique marca e Flamengo vence o Athletico pela Copa do Brasil

Outro destaque na partida foi o goleiro Hugo Souza, que apareceu muito bem em lances decisivos e também defendeu o pênalti cobrado por Walter.

Por Jonatas Magno em 29/10/2020 às 00:07:47
Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

No jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Flamengo venceu o Athletico-PR por 1 a 0, na Arena da Baixada, e abriu vantagem no duelo. O jogo da volta, no Maracanã, está marcado para quarta que vem, dia 04/11. Em um duelo duro e bastante equilibrado no segundo tempo, o gol da vitória foi marcado por Bruno Henrique, após a bola desviada entre Pedro e o goleiro Santos bater na trave e sobrar nos pés dele. Domènec Torrent usou alguns dos principais jogadores do elenco na partida, mas também poupou outros nomes, como Gerson, Gustavo Henrique e Natan. O goleiro Diego Alves voltou a ser relacionado, mas não entrou em campo.

Primeiro tempo

A partida começou bem estudada. Ambas as equipes erravam muito na troca de passes e acabou ficando um jogo feio, mas com o tempo, o duelo foi se abrindo. Aos 12, Walter achou um passe vertical ótimo para Erick, mas Hugo saiu e impediu que a chance tivesse prosseguimento. Seis minutos depois, Everton Ribeiro e Isla tabelaram, o chileno cruzou para Pedro, que finalizou para fora. Embora o Flamengo estivesse crescendo na partida, os donos da casa não se intimidaram. Em jogada individual, Reinaldo rolou para Nikão, sozinho, finalizar, mas o meia escorregou e mandou por cima.

O balde de água fria veio aos 20 minutos. Maurício Isla cruzou, Pedro dividiu com o goleiro, a bola acabou batendo no travessão e sobrou nos pés de Bruno Henrique, que não perdoou. Foi o sexto gol em seis jogos do Rei da América contra o Furacão. Cinco minutos depois, o clube carioca teve a oportunidade de ampliar com Pedro, que finalizou de fora da área, mas a bola subiu demais. No final da parte inicial, o Athletico teve uma ótima oportunidade com Walter, de falta, mas Hugo Souza fez uma bela defesa.

Hugo Souza, o Neneca, mais uma vez foi o destaque de uma partida do Flamengo. - Imagem: Alexandre Vidal

Segundo tempo

Em desvantagem, o Furacão foi com tudo para cima do atual campeão brasileiro. Logo aos sete minutos, Léo Cittadini apareceu de cabeça para assustar a zaga rubro-negra. Aos 11, mais uma chegada do Furacão! Walter chutou no contrapé de Hugo Souza, mas o goleiro fez mais uma bela defesa na partida. Dois minutos depois, o Flamengo chegou mais uma vez com o centroavante Pedro, de cabeça, mas Santos defendeu. Aos 18, mais um milagre de Hugo Souza, o Neneca. Reinaldo limpou a defesa rubro-negra e finalizou rasteiro, mas o goleiro rubro-negro fez uma bela defesa.

A pressão do Furacão deu resultado. Aos 29 minutos, Renê derrubou Léo Cittadini dentro da área, o árbitro não marcou, mas o VAR chamou para revisão e, no fim, acabou marcando. Na cobrança, Walter, que começava uma partida como titular pela primeira vez desde novembro de 2018, cobrou, mas Hugo Souza defendeu. Essa foi a última sobrevida do Athletico, que não criou mais nada efetivo depois.

Próximos confrontos

Ambas as equipes entrarão em campo no próximo domingo, às 16h, em partidas válidas pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última do primeiro turno. O Athletico-PR enfrentará o Sport, na Ilha do Retiro. Já o Flamengo enfrentará o São Paulo, no Maracanã. O Rubro-Negro terá que torcer contra o Internacional de Eduardo Coudet para terminar o turno como líder. O Colorado irá visitar o Corinthians na Neo Química Arena.

CX Radio

Comentários